quinta-feira, março 17

Bagagem cheia e coração vazio

.
.Já por várias vezes, me disseste que «ia desaparecer da tua vida», mas quando ia, ia sempre lentamente e com a bagagem meio vazia, deixava umas meias esquecidas e levava as chave por engano, mas já não sei se era um engano meu ou na esperança de um engano teu.Quiseste que «desaparecesse da tua vida» por várias vezes, mas em nenhuma das vezes quiseste que levasse comigo o meu coração, mas desta vez, não quiseste ficar com o meu coração e não me deixaste ficar com o teu. Desta vez, quiseste que saísse rápido e sem meias bagagens. Não quiseste ficar com nada meu e não me quiseste dar nada teu.
E logo eu que te queria deixar um pedaço meu, como de todas as vezes que ia quando querias que desaparecesse. Logo eu, eu que te queria deixar um pedaço meu para ainda nos ires espreitando, de vez em quando. A nós querido, ires-nos espreitando a nós, nós que gostamos tanto um do outro como já há muito que não se vê.
E logo nós.

.
.
.
Agora não me peças para voltar porque eu estou de bagagem cheia e coração vazio.
E um coração vazio dói muito.
.

40 comentários:

  1. força minha querida, muita força. vou seguir também :)

    ResponderEliminar
  2. obrigada Mafalda! e adorei o teu texto :)

    ResponderEliminar
  3. Que texto lindíssimo :'$ Adorei mesmo, está cheio de sentimento! Até parece que consigo sentir o que estás a sentir. Amei!
    E força, eu sei o quanto te deve doer ter um coração vazio.
    E obrigada, tento sempre ser o mais sincera possível (:

    ResponderEliminar
  4. obrigada, conta comigo tambem (:
    gostei muito *

    ResponderEliminar
  5. Muito muito mas mesmo muito obrigada querida <3

    ResponderEliminar
  6. és uma querida por tudo o que dizes :) continua então a saborea-lo que so fico feliz,mesmo mesmo. e adorei este post*

    ResponderEliminar
  7. um coração vazio dói muito mesmo.

    ResponderEliminar
  8. então, o que é que se passa?

    (que querida! agora estou cheia de trabalho, mas em abril podemos estar juntas)

    ResponderEliminar
  9. "Agora não me peças para voltar porque eu estou de bagagem cheia e coração vazio.
    E um coração vazio dói muito. " escreveres isto e como se tivesse ler uma coisa que eu sinto ou senti , exactamente igual .

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigada por todos os elogios:)
    Gostei imenso deste texto, ás vezes quando amamos uma pessoas temos de a deixar partir, partindo também suavemente...

    ResponderEliminar
  11. ahahah, eu acho que reflecte exactamente o que está a acontecer xD

    ResponderEliminar
  12. Dói. Mas um dia o coração vai voltar a sorrir, acredita. *

    ResponderEliminar
  13. fazes tu muito bem :D

    "E um coração vazio dói muito."
    Se dói!
    adorei este texto Mafalda :')

    ResponderEliminar
  14. "Agora não me peças para voltar porque eu estou de bagagem cheia e coração vazio. E um coração vazio dói muito." adorei, adorei, adorei. sei quanto custa, mas também sei que és forte e que ultrapassarás essa bagagem cheia e encharás de novo esse coração vazio :) força

    ResponderEliminar
  15. entendo perfeitamente o que escreveste , força

    ResponderEliminar
  16. É,eu bem sei como é um coração vazio... realmente doi imenso!
    Só espero que nessa bagagem tenha boas coisas para compensar!
    Bom domingo!
    Bjuus!

    ResponderEliminar
  17. amanhã já cá está a fazer-nos companhia

    ResponderEliminar
  18. as tuas palavras tocam-me, e vejo-me muitas vezes ao espelho cada vez que as leio *

    ResponderEliminar
  19. com calma hei de me recompor, com calma..

    ResponderEliminar
  20. És mesmo isso :s Depositam demasiada confiança em nós!

    ResponderEliminar
  21. Oh querida, acredita que não, tenho que continuar a estudar e terça é o da todo... Mas depois de quarta (quando fizer o exame) já vai estar tudo mais calmo :b

    ResponderEliminar
  22. Não, pequenina. Estou a apaixonar-me por cada estação, mês, dia... Não sei bem; ando a largar as minhas ideias pré-concebidas e a aprender a gostar de cada dia e altura.

    ResponderEliminar