domingo, setembro 19

Segredo



Não é segredo o que nos proibiu, é segredo o que fizemos. E o que fizemos, já não é o que fazemos. Agora já não podemos fantasiar porque já não estamos em estação para nos movimentarmos. Portanto, já não calcamos o paraíso e muito menos estamos em risco de perigo. Já não nos mexemos muito. Agora, eu só falo, falo, escrevo e falo; E «espero pelo mundo.»
«A minha parte do mundo deixou neste momento de ir ter contigo.»
Quando isso acontece, é porque já não temos muito mais para fantasiar e temos muito pouco para dar, não é? Muito pouco, ou nada... Mas ainda em segredo. Mesmo que eu não faça rigorosamente nada, aliás, como tu! Seria precisa muita vontade, não é?


Vou esperar, ainda que em segredo!

19 comentários:

  1. Existem segredos que temos obrigatoriamente de calar, pois tamanha é a vontade que os temos que apregoar ao mundo, e a todos os que nos rodeiam. Existem segredos que temos que conter, para que não façam mais mossa no nosso coração, daí tentamos contê-los com todas as nossas forças, até as mais desumanas, para que não mais façam ferida cá dentro na gaveta onde escondemos e armazenados os segredos que não podem ser tocados, não vá o nosso mundo desabar. Continua a escrever a contá-los, com essa genuinidade única, é um prazer ímpar perder-me em tais palavras tuas.
    Grande beijinho. Saudades de te ler. ; ) *

    ResponderEliminar
  2. E apesar de não podermos fantasiar para sempre podemos ser crianças.
    Quem espera sempre alcança!

    ResponderEliminar
  3. eu cá ADOREI o teu blog :')
    following *

    ResponderEliminar
  4. Eu se pudesse ocultaria essa (mal)dita mágoa...

    Elo.

    ResponderEliminar
  5. Está muito bonito (:
    A esperança é uma saída, sempre!

    ResponderEliminar
  6. Obrigado *-*
    Esperar em segredo, como conheço isso. Gostei! <3

    ResponderEliminar
  7. eu também nao disse isso.
    disse que era a ultima vez que ouviria que eu o amava.

    ResponderEliminar
  8. oh, meu amor. :) eu também tenho tantas tuas, aiii.
    estás a gostar do instituto?

    ResponderEliminar
  9. que querida! obrigada. já agora, permites-me que faça minhas as tuas palavras? é que eu tbm adoro cada palavra tua *
    O segredo dói, não dói? é que eu acho que sim, mas não sei se estou certa... o meu dói.

    ResponderEliminar
  10. mafalda, muito obrigado pelo fantastico comentario que deixas-te no meu cantinho :)
    adoro a tua escrita, adoro !

    ResponderEliminar